História do Municipio - Prefeitura Municipal de Serra Caiada

Tempo de prevenção e combate ao Cancer de Mama
Ir para o conteúdo

Menu principal:

História do Municipio

MUNICIPIO
Histórico

O povoamento na região começou com a concessão de datas de terras ao Padre José Vieira Afonso, em 1º de dezembro de 1754, terras essas situadas entre os rios Jundiaí e Catolé, que ladeavam a encosta da conhecida Serra Caiada, principal acidente geográfico da região. Essas terras se destinaram principalmente às atividades agro-pastoris, e, com o surgimento de diversas fazendas de criação de gado e plantio de lavouras, favoreceu o crescimento do povoado.
A área que constitui atualmente o município de Serra Caiada integrava, nos idos de 1833, o território de São Gonçalo do Amarante e, em 1874, passou a fazer parte do município de Macaíba.
O povoado teve como marco principal de sua fundação, a construção da primeira capela no ano de 1886, sob a orientação do padre João Maria tendo como padroeira Nossa Senhora da Conceição, imagem que foi trazida para a capela no dia 06 de dezembro de 1886, por José Rodrigues da Silva, mais conhecido com José Zumba, o valentão, considerado um dos primeiros povoadores do município.
O principal acidente geográfico da região, uma serra de 285m de altitude, deu nome ao lugar. Presume-se que o nome “Serra Caiada” deve-se à coloração esbranquiçada da sua rocha o que fez com que os seus habitantes passassem a chamá-la por esse nome.
Os primeiros moradores de que se tem notícia foram: José Rodrigues da Silva (José Zumba); Sebastião Gorgulho, de origem portuguesa que negociava tecidos; Miguel de Souza e João Cizenando. Em 1908 chegaram outras famílias, entre elas a do Sr. Vicente Ferreira, vinda de Pirpirituba, na Paraíba. Na década seguinte chegaram as famílias Amaral, Xixiu, Macário, Moura, Quirino, Santos, Constantino, Souza, Ribeiro, Lira, e Moreira. Entre estas se destacou a do Sr. José Ramos do Amaral, que chegando ao povoado adquiriu grande quantidade de terras, vindo o mesmo a se constituir uma das maiores lideranças políticas e econômicas da região.
Em 1930 foi nomeado pelo Estado Novo o seu primeiro interventor, o Sr. Francisco Costa de Vasconcelos Filho, mantendo-se no cargo até 1945, só se afastando com a queda de Getúlio Vargas do poder. A partir de então, assume o cargo o Sr. José Ramos do Amaral, nomeado pelo então prefeito de Macaíba, o Sr. Alfredo Mesquita, permanecendo até novembro de 1953.
A expansão comercial se deu a partir de 1938, com a criação da feira aos domingos. Este fato tornou-se bastante importante para o crescimento do povoado, tanto pela tradição que adquiriu, quanto pela consolidação do seu comércio. No ano seguinte foi construído o Mercado Público em outro local, para onde se deslocaram a feira e o comércio, onde se mantêm até hoje.
Serra Caiada foi elevada à categoria de vila pelo Decreto-Lei nº 603 de 31 de outubro de 1938, e instalada em 1º de janeiro de 1939, constituindo-se como a sede do distrito administrativo e judiciário do mesmo nome.
O município foi criado pela Lei nº 908 de 24 de novembro de 1953, com a denominação de Serra Caiada. O seu território foi formado com desmembramento dos territórios dos municípios de Macaíba (maior parte), São José de Mipibu e São José de Campestre. Com a instalação do município em 1º de janeiro de 1954, foi nomeado prefeito interino o Tenente da gloriosa e amada Polícia Militar do Rio Grande do Norte (ver-se biografia neste link) Juvenal Andrelino de Souza, nomeado pelo então governador Silvio Pizza Pedrosa, que governou até 31 de janeiro de 1955 , quando tomou posse o primeiro prefeito constitucional, o Dr. Sílvio de Araújo Sales, irmão do Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, este foi o primeiro Capelão da PMRN.
Em 31 de dezembro de 1963, o município passa a se chamar Presidente Juscelino, em homenagem ao ex‑presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira. Entretanto, o novo nome não conseguiu ser assimilado pela população. Em virtude disto, em 24 de novembro de 1994, a Câmara Municipal restituiu o nome original de Serra Caiada, atendendo à vontade e aspiração dos seus habitantes.


Formação Administrativa

Distrito  criado, com a denominação de Serra Caiada, pelo Decreto Estadual n.º  603, de 31-10-1938, subordinado ao município de Macaíba.
No quadro  fixado para vigorar no período de 1939 a 1943, o distrito de Serra  Caiada figura no município de Macaíba. Assim permanecendo em divisão  territorial datada de 1-VII-1950.
Elevado à categoria de município,  com a denominação de Serra Caiada, pela Lei Estadual n.º 908, de  24-11-1953, sendo desmembrado do município de Macaíba. Sede no antigo  distrito Serra Caiada. Constituído do distrito sede. Instalado em  10-01-1954.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município  é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão  territorial de 2014.
Pela Lei Estadual n.º 3.021, de 26-12-1963, o município de Serra Caiada passou a denominar-se Presidente Juscelino.
Pela Lei Estadual, nº 3.077, de 23-01-1964, o município de Serra Caiada passou a denominar-se Presidente Kubitschek.
Pela Lei Estadual, nº 9.691, de 14-01-2013, o município de Presidente Kubitschek passou a denominar-se Serra Caiada.




Fonte IBGE
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal